PINK - Mulher com Propósito

Bagagem – O que eu devo carregar? – Parte Final

Publicado em 24/05/2019
Atualizado em 24/05/2019

Bagagem – O que eu devo carregar?

Você já ouviu alguém falar: “Nossa, mas fulano de tal tem muita bagagem nessa área.” ou “O problema é que ela tem muita bagagem de coisas que aconteceram com ela.”

Nas duas afirmações temos o elemento da bagagem e de ser muita, mas em um a bagagem é celebrada e na outra, ela é tóxica.

Precisamos reconhecer que tipo de bagagem estamos carregando, porque as vezes nos livrar da bagagem tóxica, vai nos permitir respirar sem danos aos nossos pulmões, que vai nos permitir permanecer na jornada e chegar ao final da linha.

Todas nós estamos em uma corrida chamada vida. E todas nós estamos querendo chegar à reta final, e serão as coisas que adicionamos nas nossas mochilas que vão determinar o tempo que vai tomar para chegarmos à meta final e a condição que chegaremos lá. Se vamos chegar com nossas próprias pernas ou carregadas por uma ambulância.

A verdade é que a vida não pára, nem tira um break, dá um intervalo ou tem férias pra nós. A vida vai sempre continuar e eu e você só conseguimos viver a nossa vida, a de ninguém mais.

Vamos parar de querer viver a vida dos nossos pais, irmãos, amigos… Porque isso não é uma possibilidade. A preocupação exagerada com os outros impõe em nós um peso impossível de ser carregado. Consome a nossa mente e seqüestra o nosso eu. Não tem como eu ser eu quando estou vivendo e sentindo pelos outros.

Quando estamos carregando mais de uma vida com nossas preocupações, estamos violando a lei natural que é cada um tem uma história, cada um precisa correr sua própria maratona. Eu não posso vencer por ninguém.

Eu conheço pessoas maravilhosas que passam a maior parte da vida delas preocupadas com um membro da família que decidiu viver tomando decisões erradas, e por mais que seja doloroso ver alguém que amamos fazer a coisa errada, nós não podemos forçar alguém a fazer o certo. A pessoa tem que decidir pelo certo. Claro que devemos ajudar, não é isso que estou falando. Estou falando naquela situação que é contínua e que está roubando horas do seu dia, dias da sua semana e anos da sua vida. Você e eu não podemos vencer pelos outros. Somente Jesus Cristo conseguiu isso, porque somente Ele tem o poder de salvar nós de nós mesmos.

Talvez hoje tenha chegado o momento de você pensar em você. Na sua jornada e de como você vai chegar à reta final. E a nossa reta final acontece em tempos diferentes. Algumas acontecem diariamente, semanalmente ou mensalmente. Não pense apenas no final da sua vida e decida que você tem bastante tempo para aliviar o peso mais tarde, mais pra frente, pois o presente do tempo nos é dado com a etiqueta do agora, para os pesos que carregamos. Se perdermos as nossas forças hoje, ou nos machucarmos porque estamos carregando muito peso, não vamos poder levantar nossa bagagem amanhã e continuar. Decida hoje!!!

A verdade é que temos muito para conversar sobre este assunto, mas o nosso tempo acabou aqui, online, e agora você tem a oportunidade de se juntar com um movimento de moças no país inteiro e ir mais profundo neste assunto ao vivo. Invista em você e venha aos nossos Encontros PINK!

“Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de vocês.” (Bíblia, 1 Pedro 5:7).

Jordânia Nargiz

Publicado por Cristina Gonçalves

Sobre Jordania Nargiz

Casada com o Pr. Garo Nargiz, mãe de dois filhos, advogada. Ama ler e ajudar pessoas a viverem intencionalmente e com propósito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão voltar ao topo
PINK – Mulher com Propósito
Mesinha