PINK - Mulher com Propósito

Minha história #9

Publicado em 04/07/2017
Atualizado em 25/07/2017

19642388_1390640134350416_4441596214150896080_n
“Pois Deus não nos deu espírito de timidez, mas de força, de amor e de prudência.” 2 Timóteo 1:7
Em outras versões você encontra: “não nos deu espírito de temor”, “de medo” ou ainda “de covardia”, mas eu gostei muito de ler essa tradução porque muitas de nós falamos que somos tímidas, mas na realidade, não é bem isso. Aí eu fui dar uma olhadinha rápida aqui no Google, pra ver o que ele diz sobre timidez, e achei algo muito interessante nas definições: “qualidade de quem é fraco, frouxo.”
Forte, né? E faz sentido com as outras traduções dessa passagem acima.

Então, antes de entrar no PINK eu me achava e falava para as pessoas que era uma menina tímida; eu me reconhecia assim. Mas como é bom quando você tem pessoas confiáveis para caminhar com você, falar com você e para extrair o melhor que você tem e nem conseguia ver, não é?! Eu não me achava capaz de desenvolver nenhum trabalho social, de aconselhamento, mentoreamento, liderança ou qualquer coisa parecida. Mas no PINK eu descobri muito mais sobre mim. Caminhando com as meninas que estão no PINK, conheci-me melhor e vi quanta coisa eu acreditava sobre mim que era mentira e quantas outras eu descobri que poderiam ser verdades!
Timidez foi uma dessas coisas que eu descobri que era mentira, mas eu acreditava que era minha verdade.
Eu descobri que tenho uma personalidade acomodada e que não gosta de sair da zona de conforto, por isso eu falava que era tímida, porque assim eu não teria que falar com ninguém, muito menos conversar com quem eu não queria. Não precisava ir aos compromissos que eu não tinha vontade, não me envolvia em certas atividades e trabalhos, porque me achava uma pessoa tímida e falava que eu era tímida. Que nada! Eu estava usando isso como muleta para não fazer coisas que não queria e para não conversar com pessoas que eu não estava com vontade… Eu só não sabia disso, porque não tinha visto isso até entrar no PINK.
É muito melhor fazer só o que a gente quer. Sair só quando queremos, aceitar o convite que sua amiga te faz, só quando lhe convém, conversar só quando você está com vontade e etc. Mas quando é ao contrário, quando a gente quer atenção, quando queremos que alguém aceite nosso convite, quando queremos conversar e desejamos ser ouvidas, aí a gente cobra das pessoas. E se não recebemos o que queremos, ficamos chateadas. Não é fácil e nem gostoso sair da nossa zona de conforto, mas é necessário!
Eu me lembro em um dos primeiros Encontros do PINK, quando a Jordania pediu pra que eu fizesse uma oração, que fiquei nervosa de falar em público, mas enfrentei o nervosismo porque pensei: “Tem alguém aqui que precisa ouvir essa oração.”
Eu orei e aquele dia eu vi: “Não sou tímida! Eu posso ter agido com má vontade até hoje, posso ter deixado o nervosismo tomar conta, posso ter pensado mais no que as pessoas achariam de mim do que pensar no que eu tinha que fazer, mas tímida eu não sou!”
É libertador saber quem você é, seu propósito, suas verdades e suas mentiras. Saber as coisas boas sobre você e as ruins. Descobrir que eu acreditei por anos que eu era tímida, mas não era real, foi muito bom pra mim. Eu sou reservada sim, eu não crio laços facilmente, eu demoro pra fazer amizade e me sentir à vontade, para sentir confiança, mas tímida, isso eu não sou! Eu sou ao contrário do que a definição lá em cima diz. Eu sou forte e não sou frouxa. Eu acreditei que era tímida, mas não acredito mais! Eu acreditava que não tinha força e não era capaz, hoje eu não acredito mais!
Olha pra você e vê bem se você não está acreditando em coisas que não são reais sobre você. Escolha vencer isso que você chama de timidez! Dê os nomes certos para as coisas e escolha mudar!
#VocêNãoEstáSozinha #MinhaHistória

Sabrina

Sobre Sabrina Fernandes Cardoso

Sabrina é líder no PINK, integrante do Apoio em Campinas/SP, atua na criação e mídia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão voltar ao topo
PINK – Mulher com Propósito
Mesinha