PINK - Mulher com Propósito

Pensar pequeno – Parte 4

Publicado em 25/04/2019
Atualizado em 26/04/2019

Eu questiono os meus pensamentos

Na batalha contra não nos tornarmos reféns permanentes dos nossos pensamentos, mas tomarmos posição de autoridade sobre eles, precisamos desafiar as nossas verdades.

Eu não preciso acreditar em tudo que eu penso. Pelo fato de ser eu que estou pensando ou sentindo algo, não significa dizer que é automaticamente verdadeiro. Às vezes a nossa mente está produzindo mentiras para nós.

Uma das atitudes e práticas mais maduras que você pode fazer é desafiar seus pensamentos e questionar a veracidade deles. Nem tudo que pensamos ou sentimos é a verdade.

E como eu faço isso na prática? Você para e questiona a si mesma: “Eu sei que estou pensando dessa forma, mas essa é realmente a verdade sobre isso?”

Nós confundimos verdade com realidade. Então, vamos entender a diferença porque elas não são a mesma coisa.

A realidade é que é difícil começar um negócio e que a maioria dos negócios pequenos fracassam dentro dos primeiros 5 anos, mas é verdade que muitos dos grandes negócios foram pequenos um dia e sobreviveram e, não apenas isso, evoluíram e se tornaram grandes.

A realidade das nossas circunstâncias carrega doses de verdade, mas a verdade é que, acima da nossa realidade com dose de verdade, existe a verdade absoluta. E quando escolhemos acreditar nessa verdade absoluta de que fomos criados com grandiosidade em nosso DNA, pois Aquele que nos criou não comete erros, nós começamos a entender e experimentar que o momento em que pensamos grande nunca irá se comparar com o que Ele tem para nós, porque os pensamentos dEle são sempre maiores do que os nossos serão um dia.

Um homem que influenciou o mundo da sua época, o apóstolo Paulo, escreveu o seguinte:

“É como está escrito: Coisas que os olhos não viram, nem os ouvidos ouviram, nem o coração humano imaginou, tais são os bens que Deus tem preparado para aqueles que o amam” (Bíblia – 1Coríntios 2:9).

Algumas de nós sonha grande e pensa pequeno. Por que fazemos isso? Porque sonhar não nos tira da zona de conforto. Nós falamos para nós mesmas: “Isso é só um sonho, e sonho não é realidade”.

Porém, o pensamento nos traz próximos da possibilidade de realidade, mas como permitimos que a nossa realidade exterior determine o tamanho do nosso pensamento, então não ousamos pensar grande. Mas tudo em nós grita para pensarmos grande, então encontramos um local para isso e chamamos de sonho.

O sonho é poético. Sonhar não requer risco. Sonhar não vai nos envergonhar se não acontecer porque era só um sonho. Mas pensar nos posiciona na linha de risco. O pensar diz que eu acredito, mas como acreditar em algo tão grande? Não pode ser possível.

Nesse momento, você descobre que passou a linha do sonho e está pensando; para não correr o risco de ser envergonhada ou desapontada, você pensa pequeno porque “esse tamanho eu consigo segurar”, “esse tamanho eu consigo carregar” e “esse tamanho eu consigo controlar”.

Mas será? Será que sou eu que estou controlando, ou é o pensar pequeno que está me mantendo dentro de uma gaiola em que eu posso voar um pouquinho, mas nunca sou totalmente livre para conquistar lugares que eu nunca imaginei?

Você foi criada para pensar grande!

Jordania Nargiz

Sobre Jordania Nargiz

Casada com o Pr. Garo Nargiz, mãe de dois filhos, advogada. Ama ler e ajudar pessoas a viverem intencionalmente e com propósito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão voltar ao topo
PINK – Mulher com Propósito
Mesinha