PINK - Mulher com Propósito

Persistência – Continuação

Publicado em 13/02/2020
Atualizado em 18/06/2020

Arte da continuação da Série Persistência

Uma das maiores dificuldades que vamos ter, vai ser persistir em meio a dor da decepção, traição ou rejeição. 

Persistir em amor quando não somos amados, é muito difícil. É fácil amar quem nos ama, o desafio vai ser vencer a dor para praticar o amor e amar, quem expressa o oposto para nós.

Quando estamos no meio de uma situação dolorida, nosso desejo é que a dor passe, e muitas vezes vamos ser tentadas a fazer qualquer negociação para que isso aconteça. Agir sem amor vai parecer uma opção tentadora e talvez até correta. 

Não é fácil persistir em amor quando alguém está falando mentiras sobre você. Quando você foi rejeitado. Quando nos sentimos injustiçados. Mas a verdade é que por mais forte que esses sentimentos e experiências sejam, a marca do amor é ainda mais forte. E não é sempre fácil amar. Nem sempre o amor vai ser a nossa escolha natural, especialmente na presença da dor. Mas isso não tira a fortaleza que persistir em amor sempre tem. 

Persistir em amor vai gerar frutos de vida em você, porque o amor é forte como a morte. E para experimentar a vida, nós devemos começar com a garra de escolher viver e persistir na corrida em direção a vida.  

Assim também é, persistir em amor. Eu escolho amar, e por causa disso eu venço a morte que as dores da decepção, rejeição e traição, tentam impor sobre mim. Porque persistir em amor estabelece algo definitivo. Estabelece a vida e me permite sentir, que é o indicativo de estar vivo. 

Persistir em amor através do perdão, me apresenta a oportunidade de viver uma vida em liberdade, porque o amor é como um selo sobre o nosso coração, que cria propriedade, diz que eu pertenço. E um selo sobre o meu braço, que diz que eu tenho autoridade sobre a morte quando eu persistir em amar

“Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte.” (Cantares 8:6).

Sobre Jordania Nargiz

Casada com o Pr. Garo Nargiz, mãe de dois filhos, advogada. Ama ler e ajudar pessoas a viverem intencionalmente e com propósito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão voltar ao topo
PINK – Mulher com Propósito
Mesinha